Dieta Saudável x COVID-19

Atualizado: Mai 19

O que a sua dieta tem a ver com a COVID-19?

Como você deve já saber, tudo que se trata em termos de COVID-19 é muito novo e recente e mais e mais pesquisas estão sendo feitas para se descobrir e achar soluções de tratamento e até cura.

Porém, já foi identificado um padrão nos grupos considerados de risco para esta doença.



Pessoas que não são metabolicamente saudáveis, ou seja, obesas, com problemas cardiovasculares, com diabetes tipo 2 e hipertensas estão mais propensas a passarem por complicações se elas pegarem o vírus.

E veja bem. Aqui nos EUA, onde moro, apenas 1 entre 8 americanos são considerados metabolicamente saudáveis. Não por acaso os casos aqui são assustadores.

Mas há solução se comerçamos a agir agora. Não somente para o novo Coronavírus, mas para qualquer outro vírus que possa novamente (esperamos que não obviamente) assolar o mundo.



covid-19 e dieta

A solução é simples. Sim, isso mesmo, simples!

Mas o processo envolve muita vontade pública e também, individual.

Pública porque se depende de estrutura do governo, informação e conhecimento da situação emergencial.

Individual porque só depende de você querer fazer a mudança.




Mas qual seria essa mudança que você pode fazer? Aqui eu listo 12 passos que você pode fazer para começar a sua mudança:



  1. Consuma 5-7 porções de vegetais, folhas e legumes por dia.

  2. Consuma 2-3 porções de frutas (de preferência de baixo teor glicêmico, ou seja, frutas que não elevar seu nível de açúcar no sangue, como frutas vermelhas, goiaba, maça, ameixa) e nada de suco de fruta! Pois perde-se a fibra, tão essencial para a nossa digestão.

  3. Diminua o consumo de carboidratos simples, ou seja pães, massas, arroz, biscoitos.

  4. Dê preferência para uma dieta sem-glúten, para reduzir a inflamação causada pelo excesso de glúten. Não precisa ser radical, se você não for intolerante ao glúten.

  5. Beba água diariamente.

  6. Faça a sua comida! Pelo menos 80% do que você consume durante o dia deve ser feita em casa!

  7. Reduza ou até mesmo corte o consumo de produtos industrializados e aprenda a ler os rótulos, não acredite na parte da frente da embalagem. Se tiver mais de 5 ingredientes, suspeite! Não é comida!

  8. Comer saudável não significa comer coisas caras. Aprenda a fazer o seu planejamento semanal e evite jogar comida fora. Baixe aqui o meu planejamento de cardápio.

  9. Use temperos e especiarias. Use sal mineral ao invés do sal de mesa.

  10. Consuma proteínas de boa procedência.

  11. Não tenha medo das gorduras saudáveis, como azeite de oliva, óleo de coco, abacate, nozes, castanhas...

  12. Pressione o governo e as ententidades públicas para aprovar mudanças importantes no combate às doenças metabólicas através de uma alimentação saudável. Sim, você pode fazer a sua parte!


Quer saber mais? Veja aqui as 6 substituições saudáveis de alimentação para mudar sua vida já!


Com essas medidas simples, você vai começar a sua mudança. Acredite!